iG - Internet Group

iBest

brTurbo

meninos

07/08 - 15:29hs

Problemas de audição
Famosos fazem campanha para que você continue escutando, mas o que fazer para se cuidar?

Carol Patrocinio

Há alguns dias começou, em Londres, a exposição “Hear the World”, que une fotos de diversos famosos clicados por Bryan Adams naquela clássica pose de quem não escutou o que o outro disse. O motivo dessa mostra é chamar a atenção dos jovens à perda de audição, que atinge 10% da população mundial.

É claro que para cuidar da sua saúde auditiva você não precisa abrir mão dos fones de ouvido, baladas ou até mesmo andar pelas ruas – que são cheias de poluição sonora -, basta você saber dosar as coisas. A fonoaudióloga do Centro Auditivo Telex, Mariângela Nigro, explica que tudo está relacionado a intensidade: “Você pode fazer o uso desses aparelhos desde que escute o que as pessoas falam enquanto você escuta música”. Não é algo tão difícil de fazer, é?

“Hoje em dia as pessoas tem costume de escutar música muito alta. Algumas vezes estão no trânsito e, para não ouvir o barulho, aumentam o volume do mp3”, comenta a profissional. E é aí que mora o perigo. A escolha dos fones de ouvido não valem nada se você não cuidar do volume da música - “É claro que se você comparar os danos entre os fones que ficam dentro do ouvido e daqueles que ficam fora, com uma intensidade alta de barulho, os primeiros são mais prejudiciais, mas podem ser utilizados se houver controle de volume”, completa.

No Brasil, as estatísticas não oficiais, dizem que aproximadamente quinze milhões de pessoas têm deficiência auditiva e 350 mil não ouvem absolutamente nada. Abrir mão de ir para a balada, shows ou lugares barulhentos é algo que não passa na cabeça dos jovens, portanto, para amenizar os efeitos desses hábitos você pode se afastar a cada duas horas para locais mais silenciosos, ficar lá por uns vinte minutos e depois voltar para a diversão.

Outra sugestão da fonoaudióloga é o uso de protetores auriculares, “mas não são os vendidos na farmácia, que juntam sujeira e a empurram para o ouvido por serem muito porosos”, são protetores feitos especialmente para você, daquele tipo usado por músicos e pessoas que trabalham expostas ao barulho constante. Esses simples acessórios diminuem entre 15 e 25 decibéis os sons do ambiente.

“Se a audição for perdida dessa maneira não há volta, a única saída é usar aparelhos auditivos”, explica Mariângela. Então é bom cuidar muito bem do seu companheiro em noitadas e passeios musicais pela cidade, não é mesmo? A especialista explica ainda que os primeiros sinais de estar perdendo a audição são não entender o que alguém fala pra você, apesar de ouvir o que disseram, reclamações constantes de amigos e familiares e o som subindo de volume a cada período de tempo.

Você escuta direitinho? Como cuida da sua audição? Tem medo de perder a capacidade de ouvir? Comente!

Leia mais sobre: saúde

Receba essa e outras notícias no seu celular. Envie igjovem para 49094.

Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG

publicidade



Contador de notícias