iG - Internet Group

iBest

brTurbo

meninos

09/05 - 10:32hs

Dicas para se dar bem na escola
Saiba como se organizar nos estudos e tirar 10 na prova sem desespero!

Larissa Drumond

Ninguém precisa ter vergonha de falar que estudar, realmente, não é a coisa mais gostosa do mundo. Estudar é, sim, necessário e exige muita disciplina, força de vontade, atenção e paciência, principalmente quando a televisão, a internet, a cama quentinha ou a arte de não fazer nada são muito mais atrativas.

Para você não se desesperar às vésperas da prova mais difícil do ano e deixar o professor mais carrasco da escola se perguntando de onde saiu tanta sabedoria, fique de olho nas dicas!

Preste atenção na aula
Acordar cedo não é nada animador e conversar com os amigos é muito melhor do que prestar atenção na aula insuportável de física. Você fica se perguntando por que precisa aprender tantas fórmulas se depois não vai usar na sua vida, mas saiba que é importante fazer os exercícios e tirar suas dúvidas para não chegar no dia do teste com aquela sensação de não saber nada.

Não tenha vergonha de perguntar
Sabe aquela história de que sua dúvida pode ser a dúvida do outro? Pois então! Você não precisa ser aquele aluno chato que faz perguntas o tempo inteiro, que é tão participativo que chega a irritar. Mas, quando algum ponto da matéria não ficar muito claro na sua cabeça, levante a mão numa boa e pergunte. Ninguém vai achar ridículo se você pedir para o mestre voltar um pouquinho e recapitular o que não ficou bem explicado.

Procure um ambiente agradável
Defina um horário que você esteja mais disposto e menos sonolento e, claro, bem longe de qualquer distração. Televisão e internet ficam para depois! Se você estiver morrendo de sono no único horário que você encontrou para estudar, faça-o sentado para evitar cochilos fora de hora.

Faça anotações
Ter um caderno para anotar toda a matéria da lousa é imprescindível e, se você for esperto, anote também as explicações do professor. Tirar cópia do caderno do amigo um dia antes da prova é muito fácil, mas o professor também pode cobrar o que ele disse durante as aulas.

Se ele fala muito rápido e é difícil acompanhá-lo, faça tópicos das palavras-chaves ou tenha em mãos um caderno de rascunho. Nesse caso, você vai ter trabalho em dobro, já que vai precisar passar tudo a limpo; mas o bom é que, enquanto você escreve, a matéria fixa em sua cabeça e fica tudo mais fresquinho para tirar aquela nota dez de dar orgulho para a mãe!

Grife o texto
Cada um tem sua maneira de estudar, mas grifar o texto é excelente para absorver o conteúdo. Separe um marca-texto ou uma caneta, leia em voz alta e vá sublinhando os trechos mais importantes. Faça também um resuminho à parte com o que você grifou. É trabalhoso, mas ajuda!

Estude com os amigos
Reunir-se com os colegas de classe é ótimo, porque cada um pode contribuir com a parte que sabe; mas, não perca o tempo todo de estudo fazendo fofocas das outras pessoas da classe, vendo televisão e fuçando o Orkut de todo mundo em grupo, nem demore mais de uma hora para lanchar! Pense: você sacrifica seu tempo um dia e depois fica livre de uma vez!

Ame a matéria que você odeia
É isso mesmo: é preciso ter ainda mais dedicação justamente com a matéria que você não suporta para não precisar fazê-la de novo. Já imaginou sofrer duas vezes? Use toda a energia e a paciência que tiver para fazer a disciplina uma vez só e, pelo menos, bem feita!

Não deixe tudo para a véspera
É claro que ninguém tem motivação para estudar duas semanas antes da prova, mas tente se antecipar em dois ou três dias para ler com mais tranquilidade. Acredite: ansiedade e desespero podem atrapalhar muito, principalmente quando o conteúdo se acumula. Se você não conseguir compreender bem alguma coisa, ainda vai ter tempo de perguntar para o colega ou tirar dúvidas com o professor. Na véspera, recapitule os pontos mais importantes e vá com a cabeça fria.

Quais são suas técnicas de estudo? Compartilhe com a gente!

Leia mais sobre: estudos

Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG



Contador de notícias