iG - Internet Group

iBest

brTurbo

meninos

27/02 - 12:11hs

Primeiro beijo
Como não dar mancada?

Carol Patrocinio

Muito se fala sobre o primeiro beijo, mas sempre para as garotas e os meninos são deixados de lado. O que ninguém lembra é que quem precisa tomar a iniciativa, chegar na garota e fazer o beijo acontecer, é o cara! E a primeira vez é igualzinho andar em um quarto escuro... Como não bater o dedinho bem na quina da cama?

É claro que beijo é algo totalmente pessoal e não existe uma forma certa ou errada de beijar. Beijo ruim é algo inexistente, o que rola são beijos que não combinam. Mas como dar um jeitinho do seu beijo combinar com mais tipos de beijoqueiras? Algumas coisas agradam todas as meninas e você pode deixá-las como truques na manga, caso algo dê errado.

Boca fresca
Não tem coisa pior do que aquele gosto estranho na boca – seja algo que você comeu, seja seu estômago reclamando de algo. A garota quer te beijar e não saber qual foi sua última refeição. É claro que você não prevê se vai beijar alguém e não dá pra ficar escovando os dentes a cada 10 minutos, então o que fazer?

Balas! Escolha seu sabor preferido. Algumas garotas preferem beijos doces, outras gostam do gostinho de menta... Porém algo que sempre funciona são aquelas balinhas de hortelã que te dão de troco na padaria, sabe? Ou então uma daquelas com apenas 1 caloria – sabe de qual a gente está falando, né? Elas deixam a boca com um ar fresquinho, como se você tivesse acabado de usar enxaguante bucal. Perfeito.

A aproximação
É o seu primeiro beijo e todos os seus hormônios estão enlouquecidos, animados e pulando de um lado para o outro. É normal você sentir uma tremedeira, que vai te acompanhar a cada primeiro beijo com uma nova pessoa. O primeiro beijo em alguém sempre parece o primeiro beijo. Frio na barriga, mão gelada...

Tente se controlar para não ir com tudo pra cima da garota e bater seus lábios nos dela. Gosto de sangue não é nada bacana, acredite! Vá com calma, sem pressa, se aproxime devagar, para que ela fique esperando cada segundo ansiosamente. Toque nos lábios dela com delicadeza, como se fosse apenas um selinho e então as bocas se abrirão juntas, naturalmente.

Beijo francês
Não se sabe ao certo o motivo desse nome, mas dizem que é porque os franceses são mais... Casuais, seja lá o que querem dizer com isso! O que todos nós sabemos é que nesse beijo, além das bocas se tocarem, a língua precisa estar presente, então, não tenha medo de usá-la. Com moderação, claro!

Nada de chegar explorando a boca da menina como se fosse uma caverna! Vá com calma, toque a língua dela e deixe que as duas “conversem”. Não adianta tentar racionalizar o beijo e imaginar como vai fazer, essa é uma coisa que é instintiva e pode mudar em diferentes ocasiões.

Conforme o clima esquenta, a intensidade e a velocidade do beijo mudam, aumentam, assim como seus batimentos cardíacos. Mas você não pensa em como estão seus batimentos enquanto está com uma garota, pensa? Então deixe que sua língua funcione assim como seu coração, de acordo com a necessidade do momento.

Banho de gato
Beijos precisam ser molhadinhos. Molhadinhos e não encharcados! Não deixe a garota cheia de baba pelo rosto, aprenda a engolir sua saliva e não deixá-la escorrer pra fora da sua boca. Não tem nada mais desagradável do que cheiro de baba na hora de voltar pra casa.

Se você costuma salivar demais, treine engolir a saliva com a boca aberta. É possível e depende apenas de treino. Você consegue e deixa tudo muito mais gostoso. É claro que as bocas devem estar úmidas, mas tudo tem um limite, né!

O corpo fala
É claro que não é simplesmente beijar e deixar as mãos mortas ao lado do corpo. Mas também não se anime demais e deixe seus hormônios falarem por você – ou então você vai tomar diversos tapas na cara! Coloque as mãos no pescoço da garota, de leve no início. Não dê a impressão de que você a está segurando para que não fuja! Apenas a faça sentir segurança.

Mexa no cabelo da gata, mas sem causar uma revolução. Se ela tem cabelos lisos é mais simples, mas se a escolhida tiver cachinhos, é bom você tomar cuidado para não deixar o cabelo dela uma loucura. Segure os cabelos, mas não passe os dedos entre eles, ela vai agradecer!

Deixe seu corpo próximo ao dela, mas não como se quisesse seguir para a próxima etapa. Certas partes suas estarão animadas demais e ela não precisa saber disso. Então é ok encostar o peito nela, como num abraço, mas mantenha sua cintura a uma distância segura!

Depois de tudo
Você acaba de beijar e sua boca está molhadinha. Isso não é muito bacana, não é normal e você não vê a hora de poder secá-la. Nunca, em hipótese alguma, seque a boca passando a mão nela. Dá uma impressão de nojinho, sabe?

Uma tática mega interessante é, depois do beijo, abraçar a garota e beijar seu ombro ou pescoço – onde tenha um pouco de tecido da sua roupa. Assim você dá aquela secadinha discreta e todo mundo fica feliz. Mas não vá limpar a boca, só um beijinho pra secar de leve.

Acabou, e agora?
Pronto, vocês ficaram, o beijo foi gostoso, mas é hora de ir embora. E aí? Você tem a opção de pegar o telefone da garota ou de encontrar com ela na escola no dia seguinte. Aja naturalmente, continue sendo legal com ela e mantenha a amizade!

Se você ficou com uma garota uma vez, tem 50% a mais de chances do que os outros caras na hora de ficar com ela. Se o beijo foi bom e os dois gostaram, essa porcentagem pode aumentar muito mais e você pode beijar bastante a gata!

Daqui pra frente é conhecer outras bocas, outros beijos e exercitar bastante essa sua arte! ;) Como foi seu primeiro beijo? Comente!

Leia mais sobre: beijos

Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG

publicidade



Contador de notícias