iG - Internet Group

iBest

brTurbo

meninos

01/01 - 08:45hs

O que é uma DR e pra que serve?
Confira a importância disso e saiba usá-la a seu favor

Eduardo Ribas

Acordo OrtográficoVocê sabe o que é uma DR? Se sua resposta foi não, então é por que provavelmente deve fugir quando chega a hora de discutir a relação. Geralmente, o interesse pela DR é das meninas, que adoram fazer planos, falar da briga pela escolha do filme no cinema ou questionar por que você estava frio ao telefone no dia tal. Saiba que vale mais a pena conversar agora, do que deixar a história crescer e perder o controle!

Na tentativa de encontrar garotos que conversassem sobre relacionamentos, tivemos a constatação de que realmente eles não gostam de falar desse assunto! Mas por que será tão difícil? Talvez pelo fato dos meninos serem mais fechados em relação aos sentimento e as meninas serem mais espontâneas. O mais interessante de notar é que os garotos perdem horas falando de música, vídeo game ou mesmo futebol, mas fogem de 5 minutos de conversa com a namorada.

Segundo a blogueira Fernanda Pineda, de 20 anos, há uma explicação para isso tudo. “Homem é muito cuca fresca, não gosta de esquentar a cabeça”, explica. Por acreditar tanto no poder da DR, Fernanda escreveu um texto em seu blog chamado “DR, por favor”. O desabafo fez sucesso, tanto que muita gente deixou seu comentário registrado e mais gente ainda acessou o texto para leitura. Nele, a blogueira fala que as DR's são a solução para os problemas de relacionamento, sejam eles quais forem.

Para ela, a DR tem a ver com a disposição dos envolvidos no relacionamento. “Quando existe um sentimento forte entre duas pessoas, elas querem realmente estar felizes. Se for necessário conversar para isso, elas conversarão. O fato é que a falta de conversa denota falta de cumplicidade. Se não tem cumplicidade, que raio de sentimento é esse?”, questiona Fernanda.

Além disso, é preciso entender que há grandes diferenças entre homens e mulheres, e respeitar isso é fundamental. “A mulher é mais sensível, tem mil hormônios e, enfim, se está com um cara sem tato ou inexperiente em relacionamentos, fica complicado”, sugere a blogueira.

A menina realmente costuma ser muito mais insegura com a relação, mesmo que ela esteja bem. Já os meninos costumam fugir dessas conversas com mais habilidade que celebridade fugindo de paparazzi!
Mas para isso também há solução, de acordo com Fernanda Pineda. “Se o cara tiver jogo de cintura para conversar na hora certa e fugir um pouquinho do exagero da garota, o relacionamento tende a fluir bem”, pontua.

Mas de onde será que a blogueira de pouca idade conseguiu tanta experiência? Segundo ela, os relacionamentos com os ex's garantiram essa tal experiência no assunto. “Em todos os meus namoros eu sempre tive a tendência de querer resolver tudo na conversa”, explica. É bem verdade que nem sempre isso garantia a resolução de tudo, até porque Fernanda prefere conversar o quanto antes, e a cabeça quente pode acabar prejudicando o diálogo. “Muitas vezes eu não conseguia deixar a poeira baixar. Queria falar logo e, claro, às vezes, falava besteira”, confessa Fernanda.

Não importa se é briga de namorado ou problemas entre amigos, a conversa é sempre válida. Há quem se afaste dos amigos quando chega a hora de ir para a faculdade, por exemplo. Isso pode se tornar um grande problema, que pode ser resolvido com o diálogo também. “Às vezes, a falta de DR ou de uma conversa causa isso. Porque as pessoas vão criando uma certa mágoa em relação a fulano, que "abandonou" a galera”, exemplifica Fernanda. Com a família não é diferente, mas a blogueira confessa que encontra problemas nesse sentido. “A questão é que meus pais são separados, então muita coisa é diferente e atrapalha o diálogo, com certeza”, retruca. Mesmo assim, ela acha legal pelo menos tentar o diálogo nesse caso.

Hoje, muito se fala que falta diálogo entre as pessoas, mas elas continuam se esbarrando nas calçadas, se xingando no trânsito, brigando para entrar no metrô ou coisa do tipo. Não são apenas os relacionamentos amorosos que ficam prejudicados, e sim todos os relacionamentos de forma geral. É bem verdade que as meninas às vezes, acabam querendo discutir vírgulas de um contrato selado com o namorado. Essa é a visão do garoto! Para as meninas, eles simplesmente não se importam com elas por não quererem conversar, mesmo que sobre banalidades. As garotas enxergam assim geralmente.

Portanto, não fuja e encare de frente, mesmo que seja uma conversa rápida, de alguns minutos. (Para mais conselhos amorosos, visite o blog Fake-Doll, de Fernanda Pineda)

E você, curte discutir a relação? Comente!

Leia mais sobre: relacionamento

Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG



Contador de notícias