iG - Internet Group

iBest

brTurbo

22/09 - 18:05hs

Sebo peniano?
Leitor quer saber o que é o material que aparece depois da masturbação

Dr. Ricardo de La Roca

“Dr. Uro, quando me masturbo aparece tipo uma espécie de sebo em volta do pênis. E acredito que não seja por falta de higiene pessoal, afinal sou muito cuidadoso com isso. O que pode ser? Tem alguma forma de eliminar isso?”

A pele do pênis passa por ciclos, como as demais partes do nosso corpo, onde existe a produção de suor por transpiração, a troca celular - com as células tendo uma esfoliação natural - e a consequente regeneração tissular.

Isto, por si só, pode acarretar um tipo de farinha branca ao passarmos o dedo sobre a superfície dérmica e, ao masturbar-se, o homem pode notar realmente este material parecido com sebo, produto então da produção de glândulas coronais (que se situam em torno da glande) e células descamadas pela fricção exercida pelas mãos sobre a pele do corpo do pênis.

Por outro lado, as infecções por bactérias da flora epidérmica, quando de uma quebra da resistência local, podem levar a produção de um material esbranquiçado acompanhado de leve coceira e vermelhidão local, aumentada por uma relação sexual ou masturbação, pelos mesmos princípios de inflamação local.

A higiene, com certeza, é imperativa como nosso internauta afirma fazer, e é recomendada a todos a limpeza local usando de água e sabonete neutro ou glicerinado. Lembramos que a presença do esmegma, material esbranquiçado e aderente à pele no sulco bálano prepucial, é extremamente nocivo à pele local, sendo responsabilizado por provocar alterações cancerosas na pele do pênis após anos de irritação, como também no colo uterino da mulher que tem relações sexuais com um homem não operado da fimose e que tenha a presença deste esmegma em seu pênis.

Se houver a presença deste sebo constantemente, orientamos a procura a um urologista para o devido exame e tratamento diferenciado de acordo com o caso.

E você, também quer enviar a sua dúvida? Mande um e-mail para o Dr. Uro. Comente!

Leia mais sobre: sexualidade



Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG



Contador de notícias