iG - Internet Group

iBest

brTurbo

08/08 - 18:41hs

Água nos testículos?

Entenda o que é e o que causa a hidrocele!

Dr. Ricardo de La Roca

A hidrocele é o preenchimento da bolsa escrotal com um líquido que existe dentro do abdômen para permitir a movimentação das alças intestinais e que escorre pelo caminho que o testículo deveria ter percorrido.

Quando criança, o problema é resolvido mais facilmente. Até o fim do primeiro ano de vida, os testículos podem migrar para o escroto e a hidrocele pode desaparecer, porque o canal de comunicação que permitiu a passagem do líquido abdominal se fecha. Por isso, a conduta inicial é observar como o caso evolui durante um ano, um ano e meio.

No passado, os médicos aguardavam até os cinco, seis anos para corrigir a anomalia, se ela persistisse. Atualmente, a cirurgia vem sendo feita até os 2 anos de vida para evitar que as as células que compõem o testículo e desenvolvem a produção de espermatozóides e de testosterona sejam prejudicadas.

Não é só em crianças
A hidrocele pode também aparecer após um trauma da bolsa escrotal como, por exemplo, após um chute, ou uma queda da bicicleta ou motocicleta.

As cirurgias realizadas sobre o canal inguinal para corrigir uma varicocele ou uma hérnia também podem, devido à força da gravidade, provocar o inchaço dos tecidos locais e formar o acúmulo líquido em torno do testículo.

Em casos de infecção do testículo ou do epidídimo, o líquido do inchaço pode ficar guardado na região que recobre os testículo e formar uma hidrocele

Existem casos de hidrocele idiopática, ou seja, sem nenhuma causa, na qual ocorre o espessamento da túnica vaginal - nome dado à área mais externa entre as partes que recobrem os testículos. Esta túnica expele secreções que não são absorvidas e, com o tempo, vai formando líquido que pode chegar a volumes impressionantes - em alguns casos até de 1 litro.

O tratamento pode ser sem cirurgia, com a aspiração deste líquido com agulha e a instilação de álcool ou outro agente irritativo para com que as paredes desta túnica se colem.

O processo pode ser cirúrgico, como na maioria das vezes, onde o testículo e suas fáscias são exteriorizados, o líquido drenado e a túnica é revertida, ressecada e suturada, através de uma incisão. O quadro é revertido totalmente e a bolsa escrotal volta ao seu volume normal.

Você tem alguma dúvida?
Mande pra gente ou deixe um comentário!

Leia mais sobre: hidrocele



Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG



Contador de notícias