iG - Internet Group

iBest

brTurbo

11/02 - 12:42hs

Esperar ou não, eis a questão!
Dra. Laura Muller ajuda uma leitora que está quase perdendo a virgindade... mas ainda não perdeu as dúvidas!

Laura Muller

A Fernanda* enviou a seguinte história para a gente: “Tenho 16 anos, namoro há dois meses, sou virgem. Meu namorado não é. A gente já tem intimidades e conversa sobre sexo, e eu até penso em perder minha virgindade com ele. Mas tenho vergonha e medo de ir pela primeira vez. Outra coisa que atrapalha é que a gente só tem dois meses de namoro. Eu sei que ele quer muito isso. Não sei se eu deveria esperar mais um pouco. O que eu devo fazer?” Ok, mais uma vez, vamos por partes nessa história:

• ESPERAR OU NÃO – Você está se sentindo insegura e quer esperar um pouco mais? Então espere! Ninguém precisa sair correndo para transar. Vá com calma nessa história, ou em qualquer outra! Acelerar as coisas pode não ser uma boa escolha. Espere até que essa sensação de “não sei se devo” passe. Vai ser mais bacana na hora em que você sentir algo do tipo: “chegou o momento, tenho certeza disso!”. Aguarde essa hora!

• A VERGONHA – A gente fica meio envergonhada na primeira, na segunda, na terceira... E em muitas vezes! Isso faz parte da vida sexual da maioria das pessoas. Afinal, o casal vai ficar nu, trocar carícias pra lá de íntimas e se revelar de um jeito muito especial. Ou seja, é natural sentir uma dose de vergonha. Mas não quer dizer que isso deva impedi-la de viver sua primeira transa, na hora em que você decidir que chegou o momento certo.

• O TEMPO DE NAMORO – Quanto mais tempo a gente passa com uma pessoa, mais coisas a gente vai conhecendo um do outro. A intimidade e a cumplicidade aumentam, o casal vai descobrindo cada vez mais do que gosta (ou não...). E vai ficando cada vez mais claro se o relacionamento vale à pena. Ou não vale! Veja em que estágio vocês estão e, principalmente, se você considera ser o momento de viver juntos essa experiência tão íntima que é o sexo. O tempo varia muito de pessoa para pessoa, e de casal para casal. Descubra qual é o seu! Sem pressa, sem cobranças.

Tem alguma neura? Escreva para o Dra. Laura Muller em colunasexosemneuras@ig.com.br

* O nome foi trocado para proteger a privacidade da leitora





Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG

publicidade



Contador de notícias