iG - Internet Group

iBest

brTurbo

25/10 - 08:30hs

O famoso fio-terra

"Meu namorado topou fazer fio-terra. Será que ele é gay?"

Laura Muller

Acordo Ortográfico A gente tem recebido muitos e-mails do tipo: “Meu namorado topou fazer fio-terra. Será que ele é gay?” Eu é que pergunto: será? Mais do que isso: o que é “ser gay?” Vamos pensar por etapas:

1. SER GAY É... – Por definição, homossexual (ou gay) é a pessoa que sente desejo erótico por outra do mesmo sexo. Bissexual é quem sente todo esse desejo por pessoas de ambos os sexos. Se o seu namorado sente tesão por garotas como você – e não por garotos – então a resposta óbvia é: não, ele não é gay.

2. O FAMOSO FIO-TERRA É... – Estamos falando daquela prática sexual de introduzir o dedo no ânus (daí o nome) com o objetivo de sentir mais prazer. Vamos pensar com calma: ânus de homem e ânus de mulher têm a mesma função orgânica, não é verdade? Ou seja, não importa no corpo de quem, ânus é ânus para qualquer um dos dois. Claro! Até aqui tudo bem. E se é tudo igual, então temos as mesmas capacidades de sentir prazer quando o dito cujo é tocado, certo? Resumindo: fio-terra pode ser prazeroso tanto para homens como para mulheres, independentemente de serem homossexuais ou não. O que define a homossexualidade é, como dissemos acima, a quem se destina o nosso desejo sexual. Ou seja, se o cara sente tesão em fazer fio-terra com outros caras, então sim, ele é gay. Se o cara sente tesão em fazer fio-terra com garotas, então não necessariamente. Pode ser apenas mais uma forma de se estimular na cama.

3. E A QUESTÃO DO “TESTE” É... – O que me parece é que tem muita menina convencendo os namorados a fazerem o fio-terra com o objetivo de, caso eles topem, elas “comprovarem” que sim, eles são gays. Tremenda bobagem e falta de informação essa, vocês não acham? Se o garoto topou fazer com você, é porque curte com você. Ponto positivo para o casal! E ponto negativo para a garota que insistiu só com o intuito de sair fazendo “testes” com os garotos por aí. Será mesmo que a gente precisa viver testando os outros dessa maneira? Ou será que não há maneiras mais saudáveis de conhecer quem está ao nosso lado? Eu apostaria na segunda opção.

Você tem alguma dúvida? Mande pra gente pelo mandesuapergunta@ig.com.br e comente!

Leia mais sobre: sexo




Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG



Contador de notícias