iG - Internet Group

iBest

brTurbo

21/03 - 16:39hs

Vídeo da 'pior música de todos os tempos' vira sensação na internet
Gravada por Rebecca Black, "Friday" recebe críticas negativas e vinte e nove milhões de visualizações no YouTube

BBC Brasil

> Conheça a trajetória da cantora Shakira
> Ashley Greene passeia com Jared Followill
> Siga o iGirl no Twitter!


Vídeo da 'pior música de todos os tempos' vira sensação na internet
A canção Friday (“sexta-feira”, em inglês), interpretada por uma adolescente americana e descrita por críticos como a pior música de todos os tempos, se transformou em uma sensação na internet, com mais de 29 milhões de reproduções no site de vídeos YouTube.

O sucesso de Rebecca Black, de 13 anos, fez com que a música e a autora fossem um dos assuntos mais comentados no Twitter. O fenômeno também foi alvo de discussão em sites e revistas especializados.

A maior parte dos comentários ridiculariza a letra da canção, em que a adolescente repete versos como "ontem foi quinta-feira, quinta-feira, hoje é sexta-feira, sexta-feira", "tenho que ir para o ponto de ônibus, tenho que pegar o ônibus e ver meus amigos" e "estamos tão ansiosos, tão ansiosos".

No entanto, muitas pessoas também criticaram a voz de Black - modificada digitalmente pelo Auto-Tune, programa de correção da afinação de vozes utilizado por diversos artistas pop americanos - e o videoclipe da música, que tem baixo orçamento e usa efeitos visuais simples.

Musical na escola
A música de Rebecca Black foi produzida por uma empresa de Los Angeles chamada Ark Music Factory, que se define como "selo de gravação independente".

Em sua página na internet, a empresa diz que seu principal objetivo é descobrir futuros artistas e produzir "a próxima grande estrela".

O perfil de Rebecca no site a descreve como "uma garota de 13 anos que adora se divertir". "Ela adora cantar, dançar e representar e está sempre querendo tentar algo novo", diz o site, destacando também que ela conseguiu o papel principal do musical Oklahoma! em uma montagem em sua escola.

Os custos de gravação e produção das músicas na Ark Music Factory geralmente são pagos com investimentos dos pais dos adolescentes.

Justin Bieber
O repórter da rádio BBC 1, Dan Whitworth, diz que muitos pais estão dispostos a pagar o que for preciso para fazer com que pelo menos um de seus filhos se torne o novo Justin Bieber.

O astro da música americano, que acaba de completar 17 anos, foi descoberto no YouTube e, em seguida, assinou contrato com o cantor e produtor Usher.

Em entrevista ao canal de TV americano ABC na última sexta-feira, Rebecca Black disse que sentiu que estava sofrendo cyberbullying e que chorou quando viu os comentários sobre sua música no YouTube.

Mas ela pode sair ganhando, apesar das críticas. Em 15 de março, pouco mais de um mês depois que o vídeo de Friday foi colocado no You Tube, ela escreveu em seu perfil no Twitter: "Minha música Friday já está disponível no iTunes!!! Obrigada por todo o apoio. Beijos!"

Nesta segunda-feira, a música chegou ao 25º lugar na lista de mais vendidas da loja da Apple. Never Say Never, a nova música de Justin Bieber, está na 29ª posição.

Veja o vídeo de "Friday":

Gostou da música? Achou péssima? Conte pra gente no Twitter!





Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG

publicidade



Contador de notícias