iG - Internet Group

iBest

brTurbo

20/08 - 17:40hs

Filme "Antes que o Mundo Acabe" aborda angústias e sonhos da adolescência
O novo longa nacional chega aos cinemas nesta sexta-feira (20) e conta a história de Daniel, um jovem cheio de crises pessoais

Nathália Ilovatte, iG São Paulo

> Leia mais: veja fotos da première de "Camp Rock 2"
> Escritor de 16 anos lança primeira parte de sua saga na Bienal
> Siga o Twitter do iG Jovem

Aos 15 anos, Daniel tem grandes problemas: sua namorada não sabe se quer ficar com ele ou com outro garoto, seu amigo está sendo chamado de ladrão e, para continuar estudando, vai ter que mudar de cidade. As questões que assolam sua vida prometem causar no espectador adolescente uma identificação instantânea com “Antes que o Mundo Acabe”, novo longa nacional que entra em cartaz hoje (20) nos cinemas.
 
Dirigido por Ana Luiza Azevedo e estrelado pelos novatos Pedro Tergolina, Eduardo Cardoso, Bianca Menti e Caroline Guedes, o filme se aproxima do adolescente pelas questões universais que traz como pano de fundo: as angústias, os sonhos, o jeito intenso de viver a vida e de encarar os problemas, a relação com a família e a curiosidade de descobrir o mundo.

"Pedro tem uma intensidade dramática impressionante", elogia a diretora
 
Num momento em que a vida de Daniel está uma bagunça, o pai biológico do menino manda uma carta para estreitar as relações. Daniel nunca teve contato com o pai, que é fotógrafo, vive na Tailândia e registra imagens de culturas que estão prestes a acabar. É com essas correspondências que Daniel se dá conta do quanto o mundo é maior do que seu universo em uma pequena cidade do interior. Com base nesse impasse acerca da nova relação entre pai e filho, o longa aborda as questões familiares na adolescência. “O filme se comunica muito bem com adolescentes e com o público adulto, porque traz essas angústias e esses sonhos de um jovem de 15 anos. Ao mesmo tempo, retrata uma busca do personagem e a relação com o pai e com a própria família”, explica a diretora Ana Luiza Azevedo.

"Antes que o Mundo Acabe" ganhou seis prêmios no Festival de Paulínia 
 
O filme é uma adaptação do livro “Antes que o Mundo Acabe”, de Marcelo Carneiro Cunha. Para torná-lo o mais real possível, Ana Luiza buscou jovens das cidadezinhas que usou como cenário. “Quando escolhi as locações, comecei a buscar jovens daquela região que tinham uma vivência muito parecida com a dos personagens”, conta Ana. “A gente criou oficinas para deixar os atores à vontade. Eles são muito vivos, muito frescos e não dá para inibir isso, tem que deixar que apareça no filme”.
 
A escolha e o resultado final deixaram a diretora mais do que satisfeita. “O Pedro, que é o protagonista, já tinha trabalhado comigo aos nove anos, em um curta que eu fiz. Ele tem uma intensidade dramática impressionante. É um menino naturalmente talentoso”, derrete-se. “Não tinha dúvidas de que ele sempre se destacava em relação aos outros meninos. Ele deu um tom muito legal para o filme”. Bianca Menti, que interpreta Mim, a namorada indecisa de Daniel, também arrancou elogios da diretora. “Eu estava procurando uma garota daquelas que qualquer menino da escola é apaixonado, que fosse sedutora pelo carisma. E a Bianca tem muito isso, ela é muito forte”.
 
“Antes que o Mundo Acabe” ganhou seis prêmios no Festival de Paulínia e um na Mostra Internacional de Cinema de São Paulo.
 
Quer sentir mais vontade de ver o filme? Assista ao trailer: 




Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG



Contador de notícias