iG - Internet Group

iBest

brTurbo

meninas

30/08 - 12:20hs

Cabelos Tingidos
Tudo o que você precisa saber para mudar o visual sem danos ou arrependimentos!

Larissa Drumond

De repente, você se olha no espelho e decide que simplesmente ficou cansada da sua cara! Para fazer uma transformação radical e não passar despercebida por aí, nada melhor do que começar pelo cabelo, ou melhor, pela cor do cabelo! Quem sabe você não fica mais bonita morena? Ou talvez o loiro valorize mais o seu tom de pele! Enfim, para não restarem dúvidas, Cláudia Regina Silva, hairstylist do Tampopo Hair Cutting Team, e Marcio Granado, hairstylist da Casa Mauro Freire, vão dar todas as dicas para fazer a sua cabeça!

A partir de que idade eu posso pintar o cabelo?
Não existe uma idade ideal. “Algumas crianças começam a fazer modificações no cabelo com cinco anos, mas o mais adequado é passar algum tipo de química depois dos 15, pois a estrutura do cabelo já está formada”, afirma Cláudia Regina. Tudo bem se você estiver louca para mudar a tonalidade de seus fios, mas o mais aconselhável é adiar o quanto puder para que nada atropele sua juventude.


Posso pintar o cabelo depois de fazer escova progressiva?
Pode, sim! “É melhor tingir os cabelos depois de fazer a progressiva para que a química não prejudique ou desbote a cor”, conta Marcio Granado. Mas, caso a ansiedade não a deixe esperar, o ideal é fazer a escova alisadora após a primeira lavagem da coloração. Se você conseguir conter a ansiedade para a transformação, o mais adequado é que a escova alisadora seja feita após a primeira lavagem da coloração.


O xampu tonalizante pode exercer o papel de tinta?
Não, o tonalizante tem amônia e não serve para mudar, mas apenas para quem quer dar mais brilho e acentuar algumas nuances e, como o próprio nome já diz, é xampu, não tintura. Isso quer dizer que o produto não fixa, nem tem o poder clarear. “Além disso, ele não tem a capacidade de abrir a escama e pintar o fio, ele só age na superfície”, completa Cláudia Regina.


Qual é a diferença entre a tintura permanente, a temporária e o tonalizante?
A permanente consegue clarear ou escurecer o cabelo, entra na estrutura do fio e modifica o seu pigmento; a temporária sai do cabelo com mais facilidade, mas nunca completamente, ao contrário do que você deve imaginar. Por fim, o xampu tonalizante dá brilho e tinge apenas a superfície. Ficou claro?


Dilema: como devo escolher a cor certa para meu cabelo?

Consulte seu cabeleireiro de confiança para lhe guiar nesse sentido, porque isso varia muito! Devem ser levadas em consideração a cor da pele, dos olhos, a sua personalidade, além de, claro, seu estilo. A hairstylist do Tampopo Hair Cutting Team observa que algumas cores são ‘coringa’ e ninguém erra com elas: é o caso do marrom, que fica bem em praticamente todo mundo. Anotou a dica?


Depois que escolhi a cor do cabelo, o que fazer com as sobrancelhas?
Tome muito cuidado, porque, para o seu rosto ficar harmonioso, os tons não podem ser muito diferentes! Se o contraste for muito grande – como sobrancelhas pretas e o cabelo loiro –, trate logo de aproximar essas duas cores! “Eu sempre dou preferência a um tom mais escuro que a cor natural do cabelo ou então a mesma cor”, esclarece Marcio.


Como devo tratar os fios depois que decidi virar loira?
Primeiramente, é preciso escolher um bom profissional, que pense em cuidar da saúde do cabelo e não apenas da cor. Depois, é necessário ver o estado em que o cabelo está para verificar a resistência dele à tintura. O loiro abre muito o fio do cabelo, tira a queratina e o deixa mais poroso, por isso o tratamento pós-coloração é importantíssimo. Mude o visual, mas continue linda!

Use produtos indicar para cabelos tintos, hidrolisados de proteína e abuse da queratina! No armário do banheiro, tenha sempre um bom xampu com pH equilibrado para cabelos tingidos e vá em um profissional de confiança para fazer o retoque da próxima coloração. A sugestão é que você dê um espaço de dois a três dias para lavar o cabelo.


Pintei o cabelo de preto e me arrependi. O que eu faço agora?
Se você se arrependeu amargamente, o primeiro passo é procurar um bom cabeleireiro para ver o que pode ser feito, mas frise uma coisa na sua cabeça: jamais aplique descolorante sozinha! As consequências podem ser trágicas e isso é tudo o que você menos quer, certo?

Tingir um cabelo que já é muito escuro é mais difícil, porque é necessário descolorir os fios e o processo é mais lento; mas, depois que o pior passar, tente encontrar uma cor que agrade mais e que, de preferência, não danifique os fios.


Quero pintar o cabelo com alguma cor forte, como rosa, verde, azul ou vermelho. Essas tintas estragam mais do que as outras?
Você vai ficar moderna e diferente, mas a má notícia é que seu cabelo vai ser mais prejudicado, sim! “Para que essas cores possam aderir ao fio, é preciso que ele seja descolorido em um tom bem claro, o que acaba danificando ainda mais”, explica Marcio. Por isso, o cuidado deve ser redobrado! Se é isso mesmo que você quer, vá em frente!
A dica é: use um bom xampu com pH equilibrado, evite água muito quente na hora do banho e use sempre os produtos indicados para o seu tipo de cabelo!


Comprei xampus específicos para cabelos tingidos. Eles funcionam mesmo?

Não tenha medo na hora da compra, porque eles funcionam de verdade! “A fórmula é adequada para tratar o cabelo com tintura, então eles, geralmente, fecham a cutícula do fio, impedem que a tinta saia com rapidez e são compatíveis com a química utilizada”, explica Cláudia Regina. Além disso, o pH é equilibrado para que suas madeixas tenham uma saúde melhor.

Todos os tipos de cabelo merecem cuidados especiais na hora do secador e da chapinha, mas lembre-se de que cabelos tingidos merecem ainda mais atenção. Por isso, é obrigatório aplicar um protetor térmico para não queimar os fios. Não vai esquecer, hein?!


Pintei o cabelo hoje. Quando eu vou precisar retocar a raiz?

Depende do tipo de mudança e da coloração. Se você usou um tonalizante, espere de dois a três meses; se usou tinta, uma vez por mês é o ideal para retocar. Marcio reforça que a regra é: mínimo 30 dias, máximo 60 dias. Aliás, quanto mais claro o cabelo, mais ele requer retoques.


Qual é o passo-a-passo diário para que meu cabelo colorido esteja sempre hidratado?

Vamos lá, sem preguiça! Se você resolveu mudar o visual, agora precisa manter. Use xampu, condicionador e um bom creme específicos para o seu tipo de cabelo. “Aplique máscara e hidratante pelo menos uma vez por semana, já leave-in e silicone podem ser usados todos os dias para dar brilho e hidratar”, ressalta Cláudia Regina.

Se você necessita do secador para viver e ser mais feliz, vai ter que mudar de hábito: use-o bem pouco! Se não aguentar de jeito nenhum, mantenha uma distância de, pelo menos, 30 cm. Para evitar ressecamento, procure uma hidratação profunda e tratamentos de reconstrução dos fios.


Quero mudar o visual, mas não fazer feio no verão. Qual é a tendência?

Cláudia Regina aposta em cores leves, dourados e pontas loiras. “O aspecto de queimado de sol sempre é sucesso nessa estação”, conta. Marcio, por sua vez, arrisca sem medo de errar no vermelho, apesar de a personalidade de cada garota ser superimportante antes de fazer qualquer coisa. “Os tons pastel, caramelo, dourado e as luzes loiras também estarão em alta, trazendo mais opções para uma transformação”, finaliza.

Você já pintou o cabelo? Compartilhe seus segredos de beleza com a gente!

Leia mais sobre: cabelos tingidos

Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG

publicidade



Contador de notícias