Os 5 melhores lugares para praticar wakeboard no Brasil

Por iG São Paulo

compartilhe

Tamanho do texto

Modalidade é considerada o esporte aquático que mais cresce no mundo. Conheça os principais points de encontro dos wakeboarders pelo País

Divulgação
Naga Cable Park, em Jaguariúna (SP)

Considerado o esporte aquático que mais cresce no mundo em número de praticantes, o Wakeboard ganha cada vez mais espaço entre os jovens do Brasil. Segundo a ABW (Associação Brasileira de Wakeboard), existem no País cerca de 1.500 pessoas adeptas do esporte, praticado geralmente em represas, lagos e mares.

Curta a página do iG Jovem no Facebook

Para descobrir os melhores lugares para curtir o wakeboard, o iG Jovem conversou com atletas especializados na modalidade. Conheça as mais indicadas opções para amadores e profissionais apaixonados pelo esporte:

1 - Naga Cable Park, Jaguariúna (SP)

Possui a maior estrutura de wakeboard no cabo (chamado também em inglês, cable) da América Latina, com 12 obstáculos em um sistema de cinco torres. “Esse tipo de estrutura está crescendo muito no mundo inteiro, e com certeza o Naga Cable Park é um dos principais, com seu sistema de teleférico e os diferenciais de preço e acessibilidade ao público”, diz Mario Manzoli, o Marito, presidente da ABW. “Na estrutura do wake no cabo, até nove pessoas podem praticar ao mesmo tempo, e é muito fácil para aprender, além de ser mais barato também.”

+ ESPORTES RADICAIS - As pistas de skate mais radicais do Brasil
BASE jumping desafia limites humanos com adrenalina digna dos super-heróis

2 - Represa do Jaguari, Bragança Paulista (SP)

A represa tem 50 km² e faz parte do Sistema Cantareira, formada pelos rios Jaguari e Jacareí. É considerado um espaço ideal para os esportes náuticos por ter um diferencial importante para a boa prática do wakeboard: a água limpa. De acordo com Manzoli, os melhores atletas do esporte frequentam o local, entre eles os campeões brasileiros ‘Marreco’, ‘Deco’ e Eduardo “Jovem” Martins. “É o lugar ideal para os mais experientes e também para os iniciantes se divertirem”, diz.

Lagoa Rodrigo de Freitas é o point favoritos dos cariocas praticantes de wakeboard. Foto: DivulgaçãoO Naga Cable Park, em Jaguariúna (SP), possui 12 obstáculos em um sistema de cinco torres. Foto: DivulgaçãoO wakeboard é um dos esportes aquáticos que mais cresce no Brais. Foto: João JorgeAtualmente estima-se que são cerca de 1.500 praticantes de wakeboard em todo o País. Foto: Rodrigo Teixeira/Divulgação

3 - Lago do Tarumã, Manaus (AM)

O Amazonas é atualmente considerado o segundo polo mais procurado no País para a prática de wakeboard, depois de São Paulo, devido à estrutura encontrada. “O Lago do Tarumã, em Manaus, está no top list dos apaixonados pelo esporte”, diz. Ele conta que popularidade do local é tão grande que se tornou uma das etapas do Circuito Brasileiro de Wakeboard. Em Manaus, estão disponíveis as duas opções de wake, de barco e também de cabo.

Divulgação
Marcelo Giardi, o Marreco, tem duas medalhas de wakeboard nos Jogos Pan-Americanos

4 - Lagoa Rodrigo de Freitas, Rio de Janeiro (RJ)

Como se não bastasse ter a vista das belezas naturais do Rio na paisagem, a Lagoa Rodrigo de Freitas é também um point do wakeboard no Estado, especialmente no verão. Possui águas calmas que atraem atletas de todos os níveis, inclusive profissionais. Palco da disputa do Circuito Carioca de Wakeboard e Circuito Mundial, a Lagoa também tem espaço dedicado aos iniciantes. “Muitas escolas oferecem aulas individuais com barcos top a quem deseja começar”, conta Igor Boito, da Wake Brasil.

5 - Colosso Wake Park, Fortaleza (CE)

O Colosso Wake Park está entre os principais complexos esportivos do Norte/Nordeste. No local, é possível praticar e ter aulas de wakeboard e wakesurf em sistemas de barco ou cabo, inclusive à noite, já que as raias são bastante iluminadas. “A infraestrutura é um dos diferenciais do local. Lá todas as atividades contam com a supervisão de instrutores bem treinados”, conta Boito.

* Renan Miret em reportagem especial para o iG

CONTINUE LENDO - Com manobra inédita, Bob Burnquist faz história no X Games
Itacoatiara, Maresias e Matinhos: as melhores praias para surfar no Brasil

Leia tudo sobre: wakeboardradicaisesportes

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas