Veja vídeos com manobras dos campeões brasileiros de ioiô

10° Campeonato Brasileiro, realizado em São Paulo, definiu os representantes nacionais no Mundial, que acontece em agosto, na Flórida. Assista!

Bruno Capelas , iG São Paulo | - Atualizada às

A 10ª edição do Campeonato Brasileiro de Ioiô , realizado no sábado (14), em São Paulo, definiu os representantes brasileiros para o Mundial do esporte, que acontece em agosto, na Flórida (EUA). O torneio contou com cerca de quarenta competidores, em quatro diferentes categorias. 

Rodrigo Acedo / Fotoarena
Ricardo Marechal, da categoria 1A, posa com o terceiro troféu de sua coleção

A competição sagrou o carioca Ricardo Marechal com o tricampeonato da categoria 1A, considerada a mais nobre do ioiô, e o alçou à posição de maior campeão brasileiro de todos os tempos.

Siga o iG Jovem no Twitter

“Ganhar esse título, depois de ter deixado o caneco escapar no ano passado, é um reconhecimento do meu trabalho”, diz o competidor de 32 anos, que começou no esporte após ver uma matéria na TV. Na categoria 1A, um ioiô de rolamento fica preso ao dedo do atleta por uma corda, permitindo que ele faça manobras. 

LEIA TAMBÉM:  Playcenter fecha as portas após 39 anos de magia e diversão
Fãs largam até emprego para virar tietes profissionais

Na categoria 4A, onde o ioiô tem o eixo solto, permitindo que o jogador solte-o no ar e faça acrobacias impressionantes, o campeão foi o carioca Gustavo Amaral , de 17 anos. Já na 5A, o vencedor foi Gabriel Pedrosa , cujas manobras são feitas com um ioiô de um lado da corda e um contrapeso, como uma bolinha ou um pequeno dado, do outro.

Marechal, Pedrosa e Amaral viajam em agosto para a Flórida, buscando superar atletas do mundo inteiro e repetir o feito de Rafael Matsunaga , único brasileiro a ser campeão mundial, após ter vencido a categoria 5A em 2003. Além deles, o campeonato também contou com a vitória de Henrique Yasukune na Open, uma mistura das categorias 2A e 3A, que utilizam dois ioiôs. 

Como funciona a avaliação
Em um campeonato de ioiô, os atletas têm um tempo determinado (de 2 a 3 minutos, dependendo da modalidade) para mostrar suas manobras, sendo avaliados por três juízes. Cada um deles é responsável por um dos três quesitos (criatividade, estilo e performance), dando notas de 0 a 10 por eles. Além disso, existem penalizações para erros cometidos durante a bateria, variando de 1 a 3 pontos de acordo com a infração. Todas as apresentações podem ser acompanhadas por uma música escolhida pelo competidor.

CONTINUE LENDO:  "Programas educativos não geram lucros", diz ator e criador de Beakman
Anime Friends chega à 10ª edição trazendo “um pedaço do Japão” para SP 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG