College 11: "Estamos super ansiosos para tocar com a Selena"

Bruno e Mayra, da dupla College 11, falam ao iG sobre a expectativa de abrir os shows de Selena Gomez

Nathalia Ilovatte, iG São Paulo |

Divulgação
Mayra e Bruno estão ansiosos para conhecer Selena Gomez, mas já abriram para All Time Low e 3OH!3

De um concurso organizado por uma escola de inglês à Disney, a dupla College 11 tem pouco tempo de estrada, mas grandes experiências. Ainda sem nenhum CD lançado, no sábado (04) e no domingo (05), serão os responsáveis pelo aquecimento do público de Selena Gomez no Rio de Janeiro e em São Paulo, e depois seguem para a Argentina com a cantora.

Mas a responsabilidade não faz a dupla esmorecer. Mayra Arduini e Bruno Martini ainda estão finalizando o primeiro álbum e preparando a primeira turnê, ainda sem data, mas já abriram para o All Time Low e o 3OH!3 e gravaram uma participação na série “Quando Toca o Sino”, da Disney, e também participação da versão em espanhol, “Cuando Toca La Campana”.

Ao iG, os autores dos hits “Go!” e “When Love Comes Around” falaram sobre como se tornaram a nova aposta da Disney, a vida amorosa e a expectativa de tocar com Selena Gomez.

iG: Vocês já conheceram a Selena Gomez?
Mayra Arduini:
Nós nunca conhecemos pessoalmente, mas conhecemos muito bem o trabalho dela, e acho que o Bruno tem um brilho nos olhos pela menina... Acho que ele é meio apaixonadinho por ela... Mas estamos muito ansiosos pra conhecê-la!
Bruno Martini: Eu não sei de nada disso que a Mayra tá falando não, hein! Mas nós estamos começando agora, né? E está sendo muito legal abrir shows de outras bandas, pegar experiência, mostrar nosso trabalho... Estamos super contentes porque no Twitter e no Facebook tem vários recados de fãs dizendo que vão ao show, tanto no Brasil quanto na Argentina, falando que vão assistir a gente... Estamos super ansiosos para tocar com a Selena!

Divulgação
"A gente dá o máximo de si sempre", diz Mayra
LEIA MAIS
> Restart: "O rock nacional está carente"
> Simple Plan: "Hoje somos versões melhoradas de nós mesmos"

iG: Quais são os fãs mais loucos, os argentinos ou os brasileiros?
Mayra Arduini:
Eu sou brasileira, amo minha nação, mas tenho que admitir que são os fãs argentinos. Não sei o que acontece com os fãs da América Latina, mas nosso vídeo teve meio milhão de acessos em um mês! A gente vê a diferença de repercussão [entre o Brasil e a Argentina].
Bruno Martini: Mas tem uma coisa muito legal no Brasil que nenhum outro lugar do mundo tem: aquele calor e aquela alegria. Você sobe no palco para tocar e a galera pula, grita... Nunca vi isso em nenhum lugar, é muito divertido tocar aqui.

iG: Vocês já abriram para outras bandas também, né? Qual foi o show mais marcante?
Bruno Martini:
O show de abertura pro 3OH!3 foi muito legal, nós conversamos com a banda e eles foram muito legais. E depois voltaram ao Brasil e nos convidaram para o show. Nós conversamos com eles sobre música no camarim.
Mayra Arduini: Nós tocamos com o All Time Low no Via Funchal e também foi muito legal.

iG: Tem alguma diferença entre um show de abertura e um show só de vocês?
Mayra Arduini:
Para falar a verdade é praticamente a mesma coisa, a gente dá o máximo de si sempre. Mas atualmente não estamos fazendo nenhum show nosso, estamos planejando uma turnê com um show mais elaborado e mais longo.
Bruno Martini: Na verdade a gente ainda não tem um show nosso, estamos no começo. Então estamos abrindo o show da Selena e nos preparando para que nossa turnê seja melhor ainda.

iG: Vocês também compõem, certo?
Bruno Martini:
Sim, todas as faixas são escritas por mim e pela Mayra.

SIGA O IG JOVEM NO TWITTER!

iG: E por que escolheram o inglês?
Mayra Arduini:
Eu morei dez anos nos Estados Unidos, fui alfabetizada em inglês e voltei ao Brasil pensando em inglês. Não vou dizer que é mais fácil, mas é com isso que eu mais me identifico, então a gente decidiu fazer tudo em inglês.

iG: Quais são os ídolos de vocês?
Bruno Martini:
Sempre acompanho e admiro bastante o Justin Timberlake, que era da Disney.
Mayra Arduini: Meus ídolos são os integrantes do McFly. São os amores da minha vida e eu me inspiro neles pra tudo.

CURTA O IG JOVEM PELO FACEBOOK!

iG: Como vocês chegaram à Disney?
Mayra Arduini:
Depois que nós decidimos fazer música juntos, começamos a escrever. E o pai do Bruno é produtor, músico e tem amigos nos EUA. Então ele entregou um CD com as músicas que a gente tinha gravado para um produtor...
Bruno Martini: Levei o cd para os Estados Unidos, entreguei para o produtor e deixei lá. Voltei ao Brasil e ele me ligou dizendo achou legal, que tinha a cara da Disney. Mostrou para um empresário que trabalhou com o Justin Bieber e a Britney Spears e nós fomos para a Disney.

Divulgação
Os dois garantem que são só amigos, Bruno está solteiro e Mayra está... bem resolvida!
iG: Vocês fazem faculdade?
Mayra Arduini:
Eu vou começar a faculdade de Letras para, quem sabe, ser escritora.
Bruno Martini: Eu faço engenharia.

iG: E vocês namoram?
Bruno Martini:
Um com o outro?

iG: Sim! Ou com outras pessoas, vocês é que têm que dizer...
Bruno Martini:
Eu sou solteiro!
Mayra Arduini: Eu sou muito feliz na minha vida amorosa, eu sou muito bem resolvida...

iG: E isso significa que vocês está...
Mayra Arduini:
Estou muito bem resolvida! Fica no ar!

Leia tudo sobre: college 11selena gomezdisney

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG