Thalita Rebouças e Hilary Duff vão duelar pela preferência dos jovens

Bienal do Rio, que vai de 1º a 11 de setembro, será "campo de batalha" para autores conquistarem leitores órfãos de Harry Potter

Valmir Moratelli, iG Rio de Janeiro |

Harry Potter se foi. E enquanto a literatura infanto-juvenil busca seu sucessor no mercado que movimenta milhões em todo o mundo, os livreiros e escritores atiçam as prateleiras das livrarias com suas promessas de sucesso. A Bienal do Rio, que acontece de 1º a 11 de setembro no Riocentro, zona oeste da cidade, terá uma programação especial para este público que já se sente órfão do pequeno bruxo criado por J. K. Rowling.

De acordo com Sônia Machado Jardim, presidente do Sindicato Nacional dos Editores de Livros (Snel), o mercado está aquecido. “Em 2010 foram vendidos 43 milhões de exemplares de livros voltados ao público adolescente, o que representa 8,89% do total. Outros 26 milhões de exemplares voltados ao público infantil, dando 5,38%. Depois dos livros didáticos, que são 45% do mercado nacional, os leitores jovens são a maior fatia do mercado literário do País”, contabiliza.

Visando a este cenário com frescor juvenil, nomes celebrados estarão nas sessões de “Encontros com Autores” e na “Conexão Jovem”, dedicado ao público que durante a última década vem se firmando como grande consumidor de literatura. Serão, respectivamente, três e cinco sessões. A Bienal também terá um novo espaço infantil, com a curadoria de João Alegria e cenografia da agência Pândega, batizada de “Maré de Livros”.

“Será uma área lúdica e interativa na qual crianças, adolescentes e adultos poderão se divertir no riquíssimo território das palavras”, adianta Alegria. Além disso, a “Biblioteca Mirim” reunirá grandes obras dirigidas ao público infanto-juvenil e terá seis sessões diárias de narração de histórias.

Divulgação
Espaço destinado à biblioteca mirim da Bienal do Rio

Thalita x Hilary

Com mais de um milhão de livros vendidos, uma marca considerável para padrões brasileiros, Thalita Rebouças vem se firmando como um dos grandes nomes da literatura juvenil. Três de suas obras (“Tudo por Um Namorado”, “Uma Fada Veio me Visitar” e “Ela Disse, Ele Disse”) vão virar filme e o seu último lançamento “Era Uma Vez Minha Primeira Vez” será adaptado para o teatro.

A histeria em torno das histórias de Thalita é tanta no público que vai dos 10 aos 15 anos que, em entrevista recente ao iG , a autora admitiu que quer fazer tanto sucesso quanto Paulo Coelho. “É claro que quero vender tanto quanto ele e até brinquei que também queria ter o meu castelo”, disse, bem-humorada.

Thalita está confirmada na programação do “Conexão Jovem”, que será realizado no auditório Dinah Silveira de Queiroz da Bienal do Rio. Pode apostar. Na quarta-feira, dia 7, às 12h, centenas de adolescentes vão se acotovelar para chegar perto da escritora. É o que tem acontecido em outros eventos nos quais ela está presente.

Também confirmada nesta programação está Hllary Duff, só que no domingo, dia 4, às 12h. A cantora e atriz lança durante o evento o romance “Elixir”, que desde o ano passado circula entre os mais vendidos do The New York Times. A história tem como protagonista uma fotógrafa de 17 anos, que após o desaparecimento do pai em uma missão humanitária, recebe a misteriosa presença de um garoto em suas imagens, por quem acaba se apaixonando.

O livro tem tudo para ser mania entre os jovens, até porque cita o Brasil em um dos capítulos. No meio das perturbações da personagem, a jovem aceita um trabalho no Rio de Janeiro. As descrições das favelas e ruas são equivocadas, mas é neste cenário que ela encontra o galã da história. Com apenas 23 anos, Hilary Duff já trabalha na sequência da obra, com o título provisório de “Devoted”.

Isabela Kassow
Thalita Rebouças já lançou 12 livros e vendeu mais de 1 milhão de cópias

Outros candidatos à vaga de Potter

O poeta e empresário argentino A. G. Roemmers lança na Bienal “O Retorno do Jovem Príncipe”, em que retoma o personagem clássico de Exupéry em seu retorno à Terra, só que desta vez em nova fase da vida, na adolescência. Roemmers contou com o consentimento dos herdeiros do escritor francês para ambientar o jovem príncipe em uma jornada pela Patagônia, com a mesma pitada de humanismo que vem encantando gerações. No dia 11, às 18h30, ele participa do debate “Literatura e autoajuda: amigas ou inimigas?”.

Leia mais: Atores vão ler obras da literatura nacional na Bienal do Rio

Também flertando com a fantasia, a americana Alyson Noel, outro nome bastante popular entre o público juvenil, estará no Rio para autografar a série “Os imortais”, que já tem mais de 240 mil exemplares vendidos no Brasil. O quarto volume da saga, “Chama negra”, acaba de ser publicado pela editora Intrínseca, que prepara ainda para este ano o quinto (“Nightstar”) e a estreia da nova série “Radiance”. Todos os títulos da série “Os Imortais” tiveram os direitos de filmagem adquiridos pelo mesmo estúdio responsável pela adaptação cinematográfica de “Crepúsculo”.

As histórias em quadrinho também terão vez na feira literária. “HQ: cruzamento de linguagens” é o nome da mesa de debate programada para domingo, 11, às 12h. Na ocasião a Cia dos Livros lança “Nantiman – O Livro”, de Luiz Carneiro, que seria uma mistura de Senhor dos Anéis, Alice no país das maravilhas e As Aventuras de Narnia. O público principal são jovens que se divertem com histórias que se passam em terra de magias fantásticas e monstros em meio a ruínas antigas. Princesas feias e bruxas bonitas, caveiras falantes e uma linda criança que tem um bestiário de estimação fazem parte do enredo.

Visitação escolar

Com objetivo de estimular a imaginação e aproximar os estudantes do mundo dos livros, a organização da Bienal programa visitação escolar com dias reservados para que alunos de colégios públicos e particulares do Rio possam conhecer o evento. Este ano as 170 mil vagas disponibilizadas pelo programa se esgotaram em apenas três horas.

Todos os estudantes inscritos receberão a “Nota da Bienal”, um voucher de R$ 5 que poderá ser trocado por um livro no mesmo valor a ser disponibilizado pelos expositores. Serão seis dias destinados ao programa: 1º (das 14h às 17h), 2, 5, 6, 8 e 9 de setembro (de 9h às 17h). No feriado de 7 de setembro não haverá visitação escolar.

Serviço :
15ª Bienal Internacional do Rio
De 1 a 11 de setembro
Riocentro - Avenida Salvador Allende, nº 6.555 – Barra da Tijuca. RJ
Ingresso: R$ 12 (meia-entrada: R$ 6)
Programação completa em: www.bienaldolivro.com.br


Leia tudo sobre: bienal do livrohilary duffthalita rebouças

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG